Tratamento de Olheiras

É hora de cuidar das suas olheiras!

O que são olheiras?

As olheiras, sejam com bolsas, coloração escura, flacidez, rugas ou sulcos, podem deixar as pessoas com um aspecto cansado e nada saudável. A presença delas faz com que muitas mulheres não consigam abrir mão do corretivo e dos óculos de Sol.

Boa parte dos casos são de origem genética, e outros são resultado de fatores adquiridos ao longo da vida. Um deles é a oxidação do sangue que pode vazar dos vasos sanguíneos da região dos olhos e causar danos, deixando inchaços e uma coloração escura sob os olhos. Além do fato da pele dos olhos ser mais delicada e sofrer com a tendência de se tornar cada vez mais fina com o passar dos anos.

Ainda, existe uma condição especial conhecida como hiperpigmentação periorbital, que é basicamente a produção de melanina pela pele que fica abaixo dos olhos e resulta em uma coloração mais escura na região. Essa condição costuma ser mais frequente entre pessoas de pele mais escura. A boa notícia é que é possível tratar as olheiras e acabar com esse aspecto que incomoda tanta gente.

Olheiras superficiais

As olheiras superficiais acontecem quando a pele está manchada por melanina ou hemossiderina. O uso de cremes para este caso auxilia no clareamento do local. Manter o sono regular também previne a piora do escurecimento da região.

Mas para tratar a pele em casos mais resistentes, tanto o Peeling que pode ser realizado com diferentes substâncias, como o ácido tioglicólico, visando combater as olheiras com coloração amarronzada, clareando a região e minimizando as manchas em volta dos olhos, quanto a Luz Pulsada que visa estimular a circulação e a produção de colágeno, reduzindo flacidez e ajudando a combater pequenos vasos e manchas, são excelentes métodos.

Entretanto, existem alguns casos, onde não adianta fazer o uso de técnicas superficiais, pois elas não alcançarão a parte afetada do rosto e não terão resultado. Nesses casos, deve-se usar técnicas mais agressivas, como o Peeling de Fenol.

Olheiras Profundas

As olheiras profundas se tornam presentes quando há um sulco na região central da órbita inferior. Isso pode ser causado pela própria constituição local do rosto da pessoa ou pela retirada exagerada de bolsas de gordura em uma cirurgia de pálpebras realizada anteriormente.

Para tratar a parte profunda, primeiro é preciso avaliar se há herniação de gordura da pálpebra inferior. Neste caso, deve-se remover parte dessa gordura com uma cirurgia de pálpebras (blefaroplastia) transconjuntival. Ao mesmo tempo, é feita uma Lipoescultura no local, procedimento este que utiliza a própria gordura do corpo as colocando nas depressões para disfarçar este aprofundamento e dar um aspecto natural para a região.

Associação de procedimentos

No processo de envelhecimento, também ocorre a perda ou alteração das estruturas gordurosas da face, resultando em casos de olheiras por depressão da região infra-orbitária, o que dá aquele aspecto de olho fundo.

Aí está uma das grandes vantagens do uso da Lipoescultura, que é o próprio estímulo que a gordura faz na região, melhorando a qualidade da face por completo. Portanto, para o tratamento das olheiras, a associação de técnicas é a melhor opção.

Fale com um profissional e entenda qual a causa das suas olheiras e qual é o melhor tratamento para você. Cuide-se!

CTA Agende uma consulta

Artigos Recentes