O que é

A Criolipólise é um método desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Harvard nos EUA, que visa eliminar a gordura localizada, sem a necessidade de uma cirurgia plástica.

O procedimento não é invasivo, é sem cortes ou uso de agulhas e não necessita de anestesia.

Feito em consultórios médicos ou clínicas de estética, ele promove a destruição das células adiposas através de um resfriamento controlado, em outras palavras, as células de gordura são congeladas através de um aparelho e depois elas são expelidas naturalmente pelo organismo.

Como é feito?

Alguns especialistas chamam a criolipólise de a nova lipoaspiração, mas assim como a cirurgia plástica, o tratamento não é indicado para pessoas com sobrepeso ou obesas.

É recomendado pra pessoas que possuam gordura localizada em algumas áreas do corpo, como abdômen, costas, dorso, entre outros.

O procedimento é feito com a ajuda de um aparelho, que possui alguns tipos de aplicadores, que se adaptam às diferentes regiões do corpo.

Esses aplicadores são posicionados nas áreas a serem tratadas e realizam uma espécie de sucção da pele e da porção de gordura localizada.

Em seguida, há o resfriamento intenso dessas células de gordura, como elas são sensíveis à baixas temperaturas elas são destruídas e depois eliminadas pelo próprio sistema imunológico, via sistema linfático.

Vale ressaltar que o resfriamento não causa nenhum tipo de dano às demais estruturas, como a pele e os músculos, e não é doloroso, gerando apenas um desconforto devido a sucção do aparelho.

Onde pode ser feito?

Entre as áreas que podem ser submetidas ao tratamento, estão:

  • Flancos;
  • Abdômen;
  • Parte interna das coxas;
  • Braços;
  • Parte superior das costas.

Os homens podem se valer do método para diminuir o “peitoral”, mas as mulheres já não podem escolher tratar o tecido mamário feminino.

Benefícios da Criolipólise

Só pelo fato de ser uma técnica não cirúrgica, a Criolipólise sai à frente de outros procedimentos, além de prometer resultados em uma única sessão. Cada corpo responde de uma maneira e pode precisar de mais aplicações, mas, em média, são realizadas duas intervenções.

Não há restrições em relação às atividades de rotina do paciente, que já pode continuar a vida normalmente após o tratamento. Outra grande vantagem é por ser praticamente indolor. Em algumas pessoas, o procedimento gera um incômodo, mas suportável.

A ausência de cicatrizes também atrai as pessoas que buscam eliminar a gordura localizada, além da segurança do procedimento, que não precisa de anestesia.

Quais os resultados?

Após a criolipólise é comum a região tratada ficar avermelhada ou inchada, em alguns casos surgem até mesmo alguns hematomas, mas todas essas reações desaparecem em poucos dias.

Depois de 10 dias do procedimento já é possível notar uma diferença, mas os resultados aparecem mesmo após cerca de 2 meses, quando boa parte da gordura já foi eliminada pelo organismo.

A quantidade de sessões varia de 1 a 3, de acordo com cada caso, mas elas devem ser realizadas com intervalos mínimos de 2 meses e duram aproximadamente 1 hora.

Para maiores informações sobre o método entre em contato e agende uma avaliação como nossos médicos.

Quando deve ser feito?

A Criolipólise só deve ser feita em casos de gordura localizada. Vale ressaltar que não se trata de uma técnica de emagrecimento, mas sim de um procedimento que visa melhorar a silhueta.

Na maioria das vezes, é necessário fazer mais de 1 sessão para obter resultados satisfatórios. Nesses casos, são indicados de 1 a 3 sessões com intervalos mínimos de 2 meses entre si e no máximo 3 sessões por ano.

Pós Criolipólise

Alguns tratamentos estéticos podem ser realizados para potencializar os efeitos da criolipólise, pois estimulam a liberação e a eliminação de gordura pelo organismo.

Vale lembrar que o tipo de tratamento estético a ser combinado com a criolipólise vai depender das suas necessidades individuais, portanto, consulte o profissional da área antes de começar a fazer qualquer tipo de tratamento.

Agende sua Consulta

Artigos Relacionados

[Total: 0    Média: 0/5]

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário